Sistema para orientação e alargamento de faixas para os mais diversos processos de alargamento de tecidos

Orientação e alargamento são as principais tarefas para um alinhamento de faixas de tecido com precisão de posição e sem pregas. Essas tarefas são realizadas simultaneamente pelo Sistema ELSMART. Os cilindros de orientação de faixa garantem uma orientação ideal da faixa em todo o espectro do processo fabril de tecidos.

Funcionamento

Uma disposição de cilindros que consiste em dois ou três cilindros de orientação de faixa gira em torno de um ponto central imaginário no plano de inserção imediatamente em frente do atuador. Correções imediatas são efetuadas por meio do movimento lateral. O posicionamento inclinado extra realiza a correção contínua da faixa em movimento. Assim, deve haver tração entre a faixa e o cilindro.

Áreas de utilização

Os sistemas de cilindros oscilantes ELSWING são usados principalmente em sistemas de produção têxtil para orientação e alargamento de faixas, quando são usados apenas para tecidos em trama.

Aplicação

O comprimento do caminho de inserção depende das propriedades da faixa. Caso as faixas sejam muito flexíveis, o caminho de inserção deve ter pelo menos uma largura de faixa. Quanto maior for a estabilidade superficial da faixa e quanto mais correções forem necessárias, mais longo precisará ser o caminho de inserção. Por outro lado, o plano de saída até o cilindro fixador posterior deve ser sempre curto. De preferência, a faixa deve correr na vertical, de cima para baixo.

Legenda

A = Distribuição da tensão da faixa na inserção | B = Distribuição da tensão da faixa na saída | K = Correção do curso da faixa | AB = Largura útil | F1 = Tensão básica da faixa | F2 = Distribuição da tensão da faixa pela deflexão do cilindro oscilante na inserção | F3 = Distribuição da tensão da faixa pela deflexão do cilindro oscilante na saída | L1 = Caminho de inserção até o ponto central | L2 = Caminho de inserção do ponto central ao cilindro-guia | L3 = Caminho de saída | a = Ângulo de correção| 1 = Centro imaginário | 2 = Cilindro/haste de inserção | 3 = Quadro do |braço oscilante 4 = Sensor | 5 = Cilindro fixador |

Entre em contato
conosco!

+55 11 24642250

Tem alguma pergunta? Teremos prazer
em orientá-lo.

Para contato com a unidade fabril

Funcionamento

Lâminas de orientação dispostos ao redor da circunferência formam a base da orientação da faixa. Na versão básica, as lâminas de orientação são fixadas a uma chapa-guia para que possam ser ajustadas à lateral por meio de um atuador. No caso das lâminas de orientação segmentadas, ambas as chapas-guia são ligadas por um perno impulsor e ajustadas de maneira sincronizada por meio deu m atuador. Com isso, além da função de orientação de faixa, o sistema também atua como alargador da faixa de tecido.

Áreas de utilização

Devido ao nível muito baixo de desgaste de material causado pelo cilindro orientador segmentado, a aplicação é possível em praticamente todos os processos de produção de tecidos com o uso do sistema ELSMART de orientação e alargamento de faixas. O pré-requisito é que a faixa de tecido não apresente estabilidade superficial.

Aplicação

Os cilindros de orientação segmentados podem ser usados livremente em termos de posicionamento. Assim, um envolvimento de 90° é obrigatório. O caminho de inserção deve ter a largura de pelo menos uma faixa. Por outro lado, a saída deve ser a mais curta possível. Bordas enroladas podem ser desenroladas no plano de inserção com o auxílio de um espadelador extra.

Legenda

A-A = Distribuição de tensão da faixa na inserção | B-B = Distribuição de tensão da faixa na saída | K = Correção do curso da faixa | α = Ângulo de envolvimento de 90 ° | F1 = Tensão básica da faixa na inserção | F2 = Tensão básica da faixa na saída | AB = Largura de abertura | 1 = Eixo giratório | 2 = Cilindro/haste de inserção| 3 = Cilindro orientador segmentado | 4 = Sensor | 5 = Cilindro fixador | L1 = Caminho de inserção | L2 = Caminho de saída |

Funcionamento

Com o sistema de orientação de tecido ELTWIN, a borda da faixa é lida mecanicamente por uma alavanca sensora ou sem contato, por meio de optoeletrônica. O sinal do sensor controla um cilindro de diafragma ou um ímã elevador que pressiona o cilindro de comando contra o cilindro de contrapressão. A borda da fixa é controlada pelo deslocamento do cilindro e pela pressão de contato dos cilindros de orientação da faixa. As guias da faixa de tecido têm um projeto compacto e são sempre usados aos pares. Um suporte de ajuste está disponível em várias versões para o posicionamento da de faixa de tecido.

Áreas de utilização

Os sistemas ELTWIN são usados para a orientação de faixas em tecelagens para tecidos de trama e de malha.

Aplicação

É preferível usar um curso vertical para as guias de faixas de tecido. O caminho de inserção deve ter a largura de pelo menos uma faixa. O comprimento de saída até o cilindro fixador, no entanto, deve ser sempre o mais curto possível.

Legenda

A-A= Distribuição de tensão da faixa na inserção | B-B = Distribuição de tensão da faixa na saída | K = Correção do curso da faixa | a = Ângulo de correção | F1 = Tensão básica da faixa na inserção | F2 = Tensão básica da faixa na saída | AB = Largura de abertura | 2 = Cilindro/haste de inserção| 3 = Guia de faixa de tecido | 4 = Sensor | 5 = Cilindro fixador | L1 = Caminho de inserção | L2 = Caminho de saída |

Entre em contato
conosco!

+55 11 24642250

Tem alguma pergunta? Teremos prazer
em orientá-lo.

Para contato com a unidade fabril